Umidade sobe e tira SP do estado de atenção

A umidade relativa do ar chegou aos 23% na tarde de ontem e colocou a capital em estado de atenção, entre às 15h e 17h. Com o início da noite, as temperaturas caíram e o índice subiu para 50%, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Agência Estado |

Nesta quarta-feira, o forte calor deve persistir - com máxima de até de 32 graus -, e a situação deve repetir.

Com a baixa umidade, a Defesa Civil recomenda que a população evite atividades ao ar livre e exposição ao sol entre 10h e 17 horas, não pratique exercícios das 11h às 15h e beba bastante líquido para evitar desidratação. De acordo com a Defesa Civil, o estado de atenção é decretado sempre que a umidade do ar fica abaixo dos 30%. Após às 15h, a umidade oscilava entre 23% e 27% na capital.

Ontem a capital viveu o segundo dia mais quente do ano com temperatura máxima de 33,6ºC, ficando atrás do mês de março, quando a temperatura chegou a 34,1ºC. A máxima foi registrada por volta das 15 horas na estação do Inmet, no mirante de Santana, na zona norte.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG