Um terço dos jovens no Brasil não usa preservativo, alerta Unicef

Quase um terço dos brasileiros entre 15 e 25 anos de idade não usa preservativos em suas relações sexuais. O alerta é de relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) sobre os desafios da aids entre crianças, jovens e mulheres grávidas.

Agência Estado |

A boa notícia é que o País está entre os poucos do mundo que devem conseguir atingir a meta de garantir acesso a medicamentos para 80% das mulheres grávidas e crianças com aids até 2010.

O Unicef destaca que 7,6 mil crianças brasileiras recebem o tratamento anti-retroviral (os dados são de 2006). No mundo, são 127 mil as que contam com esse benefício. O Brasil representa quase metade de todo o tratamento recebido pelas crianças na América Latina. Em 2006, 71% das 9,6 mil mulheres grávidas com aids no Brasil recebiam tratamento. A taxa é bem mais elevada que a média da América Latina, de 40%. Já nos demais países em desenvolvimento, a média é de 23%.

A meta da Organização das Nações Unidas (ONU) é que até 2010 os governos estejam capacitados para oferecer assistência a 80% das mães em necessidade, acesso a remédios para 80% das crianças e uma queda de mortalidade de crianças soropositivas em 25%. O Brasil é um dos 21 países que estão próximos de atingir essas metas, ao lado de Cuba e Rússia. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG