Último romance de Paulo Coelho inunda livrarias

Rio de Janeiro - O último romance do escritor Paulo Coelho tomou conta hoje das estantes das livrarias brasileiras com uma tiragem inicial de 200 mil exemplares, muito superior à média normal no país, informou a editora Agir.

EFE |

O novo romance de Coelho, intitulado "O vencedor está só", é o primeiro livro policial do autor e se passa no glamuroso festival de cinema de Cannes, que se transforma no cenário de uma série de cinco assassinatos por um endinheirado magnata russo.

O autor, na página oficial do livro, explicou que sua idéia nesta obra era explorar o mundo da fama que, segundo ele, tem "contrapartidas" associadas, como "a amargura" com a qual alguns tratam os famosos e também "uma profunda solidão".

Paulo Coelho reconheceu que ele mesmo experimentou as virtudes e mazelas do sucesso.

"A fama me abriu portas. Eu cheguei aonde muitos sonhavam e tive essa sensação de que ninguém me ama", resumiu o escritor.

O livro, publicado pela editora Agir, está à venda por R$ 39,90, em uma edição luxuosa de capa dura.

Paulo Coelho se tornou mundialmente famoso por sucessos como "O Alquimista", que foi traduzido para dezenas de idiomas e vendido em 160 países, "O Diário de um Mago", "As Valkírias" ou "Veronika decide morrer".

Nesta ocasião, o autor abandonou pela primeira vez seu estilo místico que atraiu tanto fãs como desafetos.

Sua última obra, "A Bruxa de Portobello", lançada no final de 2006, foi o último romance deste escritor que vendeu cerca de 75 milhões de livros no mundo todo.

    Leia tudo sobre: paulo coelho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG