Última tropa que estava no terremoto volta sexta ao País

Os últimos 130 dos 1.226 militares brasileiros que estavam no Haiti no momento do terremoto regressarão ao Brasil na sexta-feira e deverão desembarcar em São Paulo.

Agência Estado |

Todos foram substituídos por novos contingentes desde quando houve o terremoto, em 12 de janeiro.

Um único militar que estava no Haiti durante o terremoto, e ainda permanecerá na região, em Santo Domingo, é o cabo do Exército Francisco Luiz Ferreira, que foi soterrado e agora está hospitalizado. Mas como ele já está bem melhor, deverá voltar para o Brasil nos próximos dias.

Uma nova equipe, de 900 militares já aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pelo Congresso brasileiro está em fase final de preparação e deverá seguir para Porto Príncipe ainda na semana que vem.

Eles estão seguindo para lá para atuar na segurança e em ajuda humanitária, mas a quantidade de homens e atividades serão definidas pelo chefe da missão da ONU no Haiti, general Floriano Peixoto.

As informações foram prestadas pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Jorge Armando Félix, em entrevista, esta tarde, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG