A comunidade da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) escolhe entre amanhã e quinta-feira os candidatos a reitor e vice-reitor que estarão à frente da lista tríplice a ser enviada ao Ministério da Educação (MEC), que determinará os nomes dos dirigentes da instituição para o intervalo de 2010 a 2014. O Colégio Eleitoral da UFMG é que vai elaborar a lista, tendo como elementos o resultado da eleição.

De acordo com a UFMG, o vitorioso da consulta será o cabeça da relação a ser encaminhada ao MEC. Poderão votar 43.739 integrantes da comunidade universitária. A eleição acontecerá amanhã no Hospital das Clínicas (HC) da instituição e quinta-feira nas outras unidades. Competem pela Chapa 1 os doutores em Física Bismarck Vaz da Costa e em Enfermagem em Saúde Pública Lúcio José Vieira e pela Chapa 2, os doutores em Ciência Econômica Clélio Campolina Diniz e em Medicina Rocksane de Carvalho Norton.

As urnas eletrônicas emprestadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) serão colocadas em 138 seções eleitorais, espalhadas em 32 lugares nas unidades acadêmicas e administrativas em Belo Horizonte. Em Montes Claros, no norte de Minas, e Diamantina, na região do Jequitinhonha, onde ficam os Institutos de Ciências Agrárias (ICA) e Casa da Glória (IGC), respectivamente, serão empregadas cédulas impressas em cinco seções.

O voto não é facultativo. Estudantes, funcionários do quadro permanente e professores eméritos estão aptos a votar. Pela primeira vez, os alunos entre 16 e 18 anos da Escola de Educação Básica e Profissional poderão votar. "A decisão reafirma o enquadramento da educação básica na vida universitária", disse o reitor Ronaldo Pena, ao estabelecer a comissão eleitoral, segundo a UFMG.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.