A Comissão Europeia anunciou nesta quarta-feira a formação de uma coalizão para lutar contra a difusão de imagens pedófilas na internet, integrada por operadores financeiros, empresas de informática e polícias da União Europeia (UE).

A "Coalizão Financeira Europeia" é encabeçada pela unidade policial britânica de proteção infantil contra a exploração sexual "Child Exploitation and Online Protection Centre (CEOP)" e terá um financiamento europeu de 427.000 euros (538.000 dólares).

Entre os membros fundadores estão as empresas de serviços financeiros Mastercard e Visa, a ferramenta de pagamento eletrônico PayPal, a gigante americana da informática Microsoft e a ONG Missing Children Europe.

O objetivo da coalizão é facilitar a identificação e proteção das vítimas e, sobretudo, o confisco do produto desta atividade criminosa, anunciou o comissário europeu de Justiça, Jacques Barrot.

Também buscará impedir a compra de conteúdos pornográficos pedófilos com cartões de crédito ou outro meio de pagamento eletrônico.

bur/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.