Os milhares de casos suspeitos de dengue em Angra dos Reis, no litoral do Rio, põem Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, em estado de atenção. Estamos muito preocupados com a dengue, já que agora está mais próxima.

O fato de ter casos em Angra dos Reis deixa-nos muito apreensivos", informou o secretário municipal de Saúde de Ubatuba, Clingel Frota. Todos os médicos da cidade, incluindo os 40 da rede pública, foram orientados a pedir os exames de sangue e, posteriormente, de sorologia em caso de suspeita, principalmente em crianças.

No feriado de Páscoa, a prefeitura cercou as entradas do município e vistoriou cerca de 3 mil veículos que chegavam do Rio e de outras regiões de São Paulo. Por apresentarem sintomas da doença, 20 pessoas foram encaminhadas para o hospital da cidade, mas nenhuma delas teve resultado positivo. "Vamos repetir a operação, com a ajuda da Polícia Rodoviária, nos próximos feriados. Até os turistas gostaram, pois se sentem mais seguros", disse Frota.

Entre os moradores, uma operação em quintais e casas de veraneio está prevista para quinta-feira, numa campanha chamada Ubatuba sem dengue . O objetivo principal da ação é o bairro Ipiranguinha, com 12 mil habitantes. Segundo o coordenador de Controle de Endemias, Antenor Benetti, o objetivo é fazer vistoria em 100% dos imóveis, eliminando criadouros com a retirada de objetos ou aplicação de veneno, em locais onde não seja possível retirar o possível foco imediatamente. Um trabalho de informação e conscientização sobre a necessidade de manter as medidas preventivas também será feito pelos agentes e voluntários.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.