Ubatuba-SP confirma morte de grávida por gripe suína

A Vigilância Epidemiológica de Ubatuba, município do litoral norte de São Paulo, confirmou hoje a morte de uma grávida causada pelo vírus da gripe suína, a primeira na cidade. A vítima, de 21 anos, estava com sete meses de gravidez e foi internada na Santa Casa da cidade na segunda-feira.

Agência Estado |

Ela morreu dois dias depois. Até ontem, o País registrava 277 mortes em decorrência da Influenza A (H1N1), a maior parte deles (111) em São Paulo.

Segundo o órgão, a gestante teve febre durante o fim de semana e compareceu ao hospital na segunda-feira, já sem febre, mas com contrações e dores no ventre. Devido à gravidez, ela foi internada e, durante o período, começou a apresentar sintomas da Influenza A (H1N1). O resultado do exame do Laboratório Adolfo Lutz foi confirmado ontem e entregue ao Grupo de Vigilância Epidemiológica de Ubatuba. Nenhum membro da família da vítima apresentou os sintomas da doença.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG