Turistas inglesas presas no Rio vão cumprir pena em liberdade, mas ficarão no Brasil

RIO DE JANEIRO ¿ O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou nesta quinta-feira que as inglesas Shanti Simone Andrews e Rebecca Claire, ambas de 23 anos, poderão cumprir a pena que receberam em liberdade. Segundo a 5ª Câmara Criminal do TJ-RJ, durante esse período as turistas também não vão poder sair do País e terão os seus passaportes retidos.

Redação |

Em seu voto, o relator do habeas corpus, o desembargador Geraldo Prado, argumentou que o crime não foi cometido mediante grave violência à pessoa e, normalmente, não é crime punível com pena privativa de liberdade.


Turistas foram condenadas a prestar serviços comunitários no Brasil / AP

Nesta quarta-feira, o juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal do Rio, condenou as inglesas a um ano e quatro meses de prisão pelos crimes de falsidade ideológica e tentativa de estelionato, e um mês de detenção pelo delito de falsa comunicação de crime.

A totalidade da pena, no entanto, foi substituída por duas penas que as obrigam a prestar serviços à comunidade ou a entidades públicas. Rebecca e Shanti foram presas no dia 26 de julho , ao registrarem a ocorrência de um falso furto na Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat). O objetivo era obter vantagem com o golpe do seguro.

Assista ao vídeo sobre a prisão das turistas inglesas:

Leia também:

Leia mais sobre: inglesas presas

    Leia tudo sobre: estelionatoinglesaturista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG