Turista americano morre ao cair de hotel em Goiás

RIO DE JANEIRO ¿ O turista americano Brian Jezyk, de 45 anos, morreu no fim da noite desta quarta-feira após cair do quinto andar de um flat na cidade de Caldas Novas, em Goiás. Jezyk era operador de máquinas e morava em Hudson, no Estado de Massachussetts (EUA). Ele estava com a mulher e dois primos dela em uma viagem de lazer. A Polícia Civil ainda investiga as causas da morte, mas acredita na possibilidade de ter sido uma queda acidental causada pelo uso de bebida alcoólica.

Redação |

Segundo a esposa do turista americano, a goiana Marta Grame St. Millburd, casada com ele há cinco anos, o grupo saiu de Goiânia em um carro e comprou bebidas alcoólicas em um bar na rodovia. Jezyk já teria começado a beber desde então. Ao chegarem ao hotel, foram para a piscina, onde ingeriram mais álcool.

O americano teria resolvido subir para o apartamento e foi amparado pela mulher, que depois de ajudá-lo no banho e deixá-lo na cama voltou para a piscina. Cerca de uma hora depois, ao subir novamente, ela não encontrou o marido e ao olhar da janela do quarto o avistou caído no pátio do prédio, nu. O turista caiu de uma altura de cerca de 25 metros de altura.

Brian Jezyk chegou a ser levado para o pronto-socorro municipal, mas não resistiu e morreu no caminho. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal de Caldas Novas e seguiu para o consulado americano, em São Paulo, onde será encaminhado para os Estados Unidos. 

Leia mais sobre: Acidentes

    Leia tudo sobre: acidentegoiáshotel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG