Tumulto em prefeitura paulista deixa 1 baleado, diz movimento sem-teto

SÃO PAULO - Membros do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) invadiram nesta quinta-feira o prédio da prefeitura de Mauá, na Grande São Paulo. Houve confronto com a Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Agência Estado |

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, pelo menos um guarda civil se feriu, além de manifestantes. A assessoria do MTST afirmou que uma pessoa foi baleada.

AE
Imediações da prefeitura invadida pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto
O movimento alega que o objetivo era protestar contra o desejo de moradores de um terreno no Jardim Paranavaí. Mais de 60 pessoas participavam da invasão.

De acordo com a prefeitura de Mauá, eles entraram no prédio e se dirigiram ao segundo andar, onde fica o gabinete do prefeito, Oswaldo Dias (PT). Ainda segundo a prefeitura, os integrantes do MTST carregavam pedaços de paus e destruíram computadores, telefones e paredes. O caso deve ser registrado na 1ª delegacia da cidade.

    Leia tudo sobre: sem-teto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG