Tumor aumenta e Alencar abandona tratamento nos EUA

Os resultados dos exames realizados pelo vice-presidente José Alencar nesta sexta-feira no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, comprovaram o crescimento do tumor na região abdominal.

Agência Estado |

Futura Press
José Alencar chega ao hospital
Alencar em uma de suas saíde 
hospital Hospital Sírio-Libanês
De acordo com a assessoria de Alencar, que já deixou o hospital, com a nova avaliação ficou decidido que o vice-presidente vai abandonar o tratamento experimental iniciado há cerca de dois meses em Houston, nos Estados Unidos, e começar um novo tratamento aqui no Brasil.

Há pouco mais de um mês, o vice-presidente passou pela 15ª cirurgia: uma colostomia - procedimento cirúrgico em que se faz uma abertura no abdômen por onde o conteúdo do intestino é expelido e coletado por uma bolsa externa.

Luta contra o câncer

Aos 77 anos, José Alencar passou por sua 15ª cirurgia no dia 24 de julho por causa de uma obstrução intestinal. Neste procedimento, os médicos fizeram uma colostomia, onde o conteúdo do intestino é expelido e coletado por uma bolsa externa.

O vice-presidente retornou ao hospital dois dias após receber alta. Ele havia passado 14 dias internado para se recuperar de uma cirurgia em que foram retirados dez tumores do abdome. Nessa cirurgia, do dia 9 de julho, a obstrução estava localizada no intestino delgado. Há 12 anos, Alencar luta contra o câncer.

Leia mais sobre: Alencar  - Sírio-Libanês

    Leia tudo sobre: alencarhospital

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG