Tucanos fecham chapa e devem lançar Alckmin no dia 29

Num movimento para aproximar os alckmistas e os serristas e evitar uma divisão interna em plena campanha, o PSDB escalou o ex-secretário de Gestão Pública de São Paulo Sidney Beraldo para ser o suplente na chapa de Aloysio Nunes Ferreira para o Senado. Beraldo, que retomou à Assembleia Legislativa depois da desincompatibilização, também vai coordenar a campanha de Geraldo Alckmin ao governo paulista, com lançamento oficial previsto para o próximo dia 29, no Shopping Center Norte ou no Anhembi.

Agência Estado |

Aloysio ocupava a Casa Civil no governo paulista e disputava com Alckmin o direito de concorrer à sucessão de José Serra. O agora pré-candidato ao Senado desistiu após avaliar que a tentativa de receber a indicação poderia levar a um racha. Por esse motivo a escolha de Beraldo, muito ligado a Alckmin, como suplente de Aloysio, homem de confiança de Serra, é tão representativa.

Além de Aloysio, o deputado José Anibal também deseja a vaga ao Senado. Líderes tucanos acreditam que o parlamentar poderá recorrer à convenção para tentar emplacar seu nome, o que seria inédito no partido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG