Tucanos devem definir sobre sucessão do Senado na 5ª

A sucessão do Senado vai ficar indefinida até pelo menos quinta-feira. O PSDB, que é o fiel da balança na disputa entre o PMDB de José Sarney (AP) e o PT de Tião Viana (AC), só vai reunir a bancada para decidir para onde irão os 13 votos dos senadores tucanos na quinta-feira.

Agência Estado |

Antes disso o presidente nacional do partido, senador Sérgio Guerra (PE), que chega a Brasília hoje à noite, e o líder Arthur Virgílio (AM) que só desembarcará amanhã cedo, farão reuniões em separado com os dois candidatos.

A ideia é ouvir Sarney e Tião Viana para levar elementos aos senadores tucanos e construir uma posição conjunta. Nas conversas de bastidor a avaliação geral é de que o perfil individual que mais agrada é o de Tião Viana. Mas como oposição fica difícil explicar ao eleitor o voto ao PT. Dessa forma ganha força a ideia de votar em Sarney.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG