Tubulação rompe e lago do Parque da Aclimação seca

O lago do Parque da Aclimação, na zona Sul de São Paulo, foi completamente esvaziado ontem (23), depois que a tubulação hidráulica que regula o nível de água (vertedouro) se rompeu. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Verde e Meio Ambiente.

Agência Estado |

As causas do rompimento não foram esclarecidas. Toda a água do lago foi drenada e a enxurrada levou parte dos peixes e aves aquáticas, como patos, cisnes e marrecos, mantidos no local. Segundo um inspetor da Guarda Civil Metropolitana (GCM) presente ao local, frequentadores do parque socorreram alguns animais.

Bombeiros tentavam, até as 22h30, resgatar algumas aves que ficaram atoladas na lama. Os bombeiros suspenderam no fim da noite os trabalhos de resgate. A última equipe dos bombeiros deixou o parque à 1h30 de hoje. O resgate das aves será retomado após o amanhecer. Um dos bombeiros entrou no lago, mas, quando a lama chegava à altura do pescoço dele, as equipes resolveram suspender as buscas por motivo de segurança.

Cordas também foram usadas, mas não funcionaram como se esperava. O rompimento do vertedouro teria ocorrido por causa do grande volume de chuva que caiu na região ontem. A Prefeitura faz reformas na rede de esgoto do parque para despoluir o lago, mas não se sabe ainda se as obras têm relação com o rompimento da tubulação. Habitam o parque aves aquáticas como o socó-dorminhoco, martim-pescador, marrecos, gansos, patos e aves migratórias . Entre os peixes do lago, havia carpas e tilápias. Boa parte dos peixes e das aves foi levada junto com a água; parte foi resgatada pelos bombeiros e frequentadores.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG