O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou o registro de candidatura de Euricélia Melo Cardoso (PP) e Antônio Soares de Oliveira, eleitos prefeita e vice-prefeito de Laranjal do Jari, no Amapá, nas eleições de 2008. Por unanimidade, os ministros mantiveram decisão do relator pela manutenção da sentença do juiz eleitoral - que cassou o registro dos dois por abuso de poder econômico e compra de votos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.