TSE nega recurso de candidato a prefeito na BA

O ministro Arnaldo Versiani, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou recurso em que Adinael Freire da Silva pedia deferimento de registro de sua candidatura a prefeito de Ourolândia, na Bahia, nas eleições de 2008. Adinael foi considerado inelegível pelo Tribunal Regional Eleitoral em virtude da rejeição de suas contas por irregularidades insanáveis.

Agência Estado |

No recurso, Adinael afirmava ter obtido, na 2ª Vara Cível de Jacobina, medida judicial para suspender os efeitos do decreto da Câmara que rejeitou suas contas. Versiani, contudo, observou que a decisão foi obtida quando já expirara o prazo de registro para a eleição. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG