O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu hoje manter o mandato do deputado estadual de São Paulo Conte Lopes (PTB). O parlamentar, de 57 anos, era acusado pelo Ministério Público (MP) de utilizar seu gabinete e funcionários da Assembleia Legislativa na campanha eleitoral de 2006.

O relator do caso no TSE, ministro Marcelo Ribeiro, seguiu o entendimento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) paulista de que as provas apresentadas eram frágeis.

Segundo a corte, a única testemunha foi uma jornalista da Folha de S.Paulo , autora de uma reportagem sobre o assunto publicada em 27 de agosto de 2006. Ribeiro afirmou que as demais testemunhas não confirmaram a suposta irregularidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.