TSE diz que 101 candidatos foram presos por boca-de-urna

BRASÍLIA - Subiu para 2.511 as ocorrências de irregularidades nas eleições municipais registradas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até as 16h .

Valor Online |

No início da tarde eram apenas 509 registros. O total de prisões efetuada por prática boca-de-urna passou de 168 para 707. Desse total, 101 são candidatos, volume bem maior do que as 30 ocorrências do tipo registrados no início da tarde.

O último balanço divulgado pelo TSE sobre a movimentação das eleições aponta ainda que o número de urnas eletrônicas substituídas chega a 1.898 unidades, o equivalente a 0,51% do total.

O ministro do TSE Caputo Bastos informou há pouco que pode ocorrer atraso na eleição em Goiânia. A votação na capital de Goiás atrasou por problemas técnicos em 60 urnas eletrônicas. O problema foi sanado, mas a votação poderá avançar para além das 17h.

De acordo com o ministro, somente nesses casos os chefes das seções eleitorais estão autorizados a distribuir senhas para os eleitores que chegarem até às 17h.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG