TSE afasta prefeito uma semana depois da posse em PE

SÃO PAULO - O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Henrique Neves determinou o imediato afastamento de José Luiz de Sá Sampaio, diplomado no dia 1º de janeiro como prefeito de Caetés, município de Pernambuco. Apesar de ter recebido mais de 50% dos votos, seu registro foi negado tanto pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) quanto pelo TSE.

Agência Estado |

Ação apresentada ao TSE alega que, diante do indeferimento do registro, seria necessária a realização de novas eleições. Porém, a juíza de Caetés mandou diplomar e empossar o candidato mesmo assim.

O ministro, então, determinou que seja obedecida a decisão inicial do TSE e que Sampaio seja afastado. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre: prefeitos

    Leia tudo sobre: prefeitos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG