Trio é preso em SP por golpe de R$ 510 mil a empresário

A Delegacia de Repressão a Roubo de Cargas, ligada ao Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), deteve na manhã de hoje, em São Paulo, três acusados de aplicar um golpe de R$ 510 mil contra um empresário do Rio de Janeiro. Com um cartão de crédito emitido sem permissão da vítima, eles adquiriram jóias, roupas e aparelhos eletrônicos.

Agência Estado |

A prisão ocorreu em um flat no Jardim Paulista, zona oeste de São Paulo.

Segundo o Deic, após pesquisarem sobre a vida da vítima, o empresário Max Dellber Mesquita do Nascimento, de 28 anos, a gerente comercial Heloisa Fernando Silva Gonçalves, de 32 anos, e o publicitário Raphael Lopes Livreri, de 31 anos, fingiram fazer parte da equipe da equipe do empresário e conseguiram que um banco emitisse um cartão de crédito em nome de Roberta Freitas Cardoso, sob responsabilidade de Nascimento.

Heloisa, Roberta e Lopes decidiram, então, instalar-se num flat na capital e começaram a efetuar compras em lojas como a Daslu, H.Stern e Fast Shop. Somente com jóias, gastaram R$ 380 mil, de acordo com o Deic. A vítima notou os gastos e avisou a instituição bancária. Comunicada, a polícia deteve os acusados durante uma entrega de produtos adquiridos por eles.

Os presos foram autuados por estelionato, formação de quadrilha e uso de documento falso. A polícia ainda tenta identificar um quarto envolvido no caso, que seria o responsável pela venda dos produtos. Nascimento possui uma loja de conveniência e uma empresa de eventos em Goiânia e Heloisa atuava como gerente comercial para ele.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG