O advogado aposentado do Banco do Brasil e tricampeão sul-americano de caça submarina Amilar Vieira Filho, de 83 anos, morreu nesta quarta-feira depois de ser atingido por um tiro no peito durante uma tentativa de assalto no acesso à Avenida Perimetral, próximo à Praça Mauá, no centro do Rio.

Até o início da noite, o registro do crime ainda estava sendo feito na delegacia, mas as primeiras informações da Polícia Militar davam conta de que suspeitos tentaram fazer um arrastão e bloquearam o acesso com um carro. A PM não soube informar se ele reagiu ao assalto.

Segundo a polícia, ele seguia em direção à Niterói (Região Metropolitana), onde morava. Vieira Filho foi um dos fundadores do Clube da Caça Submarina de Icaraí, em Niterói, e era sócio benemérito e laureado do Iate Clube de Icaraí. O advogado também ficou conhecido por ter sido uma das testemunhas da suposta presença de um Objeto Voador Não-Identificado (OVNI) no Brasil, em 1958, no caso que ficou mundialmente conhecido como o Caso da Ilha da Trindade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.