Tribunais eleitorais querem barrar torpedos pela internet na semana das eleições

RIO DE JANEIRO - Os presidentes de 26 TREs vão solicitar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que impeça o envio de mensagem pela página das operadoras de celular na internet ¿ os Torpedos Web ¿ a telefones celulares na semana das eleições.

Redação |

Às vésperas da eleição, fica impossível para os candidatos se defenderem de propaganda negativa, explicou o coordenador estadual da fiscalização da propaganda eleitoral no Rio, juiz Luiz Márcio Pereira.

Em palestra realizada em parceria com o vice-presidente do TRE-RJ, desembargador Alberto Motta Moraes, o juiz Luiz Márcio Pereira disse que as operadoras de telefonia já informaram que, se houvesse determinação nacional, elas iriam acatar. O juiz já se reuniu duas vezes com as operadoras para discutir o problema.

A palestra ocorreu nesta sexta-feira, durante o XLI Encontro de Presidentes dos TREs, no Rio de Janeiro. O desembargador Motta Moraes mostrou fotos de outdoor, galhardetes e adesivos com propagandas institucionais, que teriam nítido caráter eleitoral.

Percebemos que os municípios multiplicam os gastos em publicidade em ano eleitoral, o que já mostra um desvio de finalidade, afirmou o magistrado.

Ele ressaltou que, para coibir a prática, dá uma atenção especial às comarcas do interior, inclusive com reuniões regulares com juízes eleitorais e partidos políticos. Ele assegurou que o Rio de Janeiro está agindo com rigor no combate da propaganda antecipada.

Leia mais sobre: eleições municipais

    Leia tudo sobre: eleições municipaisriotre

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG