Tribe celebra oitavo aniversário com três espaços

SÃO PAULO - No próximo dia 20, a Tribe, um dos maiores eventos de música eletrônica do Brasil, vai fazer a festa que comemora seus oito anos de vida. Marcado para a famosa fazenda Maeda, em Itu, o evento pretende reunir os diversos estilos em três tendas e ¿inovar¿ por uma manifestação de paz.

Victor Martins, para o Último Segundo |

A Tribe 8 anos dividirá o Maeda em três partes de acordo com a batida eletrônica. No Main Stage, vai reunir diferentes países, como Brasil, Israel, África do Sul, Portugal e Austrália ao trazer atrações voltadas ao psy e ao full-on como Growling Machines com apresentação de 90 minutos e apresentação do novo álbum , Sesto Sento, X-Noise e Pixel.

O Tribe Club, considerado a pista intimista da e-music, que reúne o progressive house e vertentes do Techno, chama atenção com Gui Boratto, Gabe, D-Nox & Beckers, Glocal e Stephan Bodzin.

O terceiro palco é o The World Stage, que abraça a vanguarda do som, mostrará a cultura eletrônica com informação em forma de arte por meio de instalações interativas e músicos, além de uma área de descanso. As apresentações de destaques são Trotter, B Team, Phunk Dub e All Good Funk Alliance.

A festa vai se organizar também para fazer um minuto pela paz: por volta das 4h30, entre as aparições de Pixel e Astrix no Main Stage, o som será cortado e recursos áudio-visuais vão aparecer para que o público se manifeste a favor da shanti.

A Tribe 8 anos terá início às 20h, com Livia no palco principal, e o acesso se dá através da rodovia Castelo Branco, km 78, sentido interior. Até o dia 6, os ingressos custam R$ 50; depois, até 15 de dezembro, passarão a R$ 65; entre os dias 16 e 19 do mês, valerão R$ 80; e no dia da festa, o interessado vai desembolsar R$ 100. Todos os ingressos requerem 1 kg de alimento não perecível, exceto sal e açúcar.

*Colaborou Mário André Monteiro

    Leia tudo sobre: música

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG