TRF da 1ª Região liberta líder dos arrozeiros de Roraima

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), de Brasília, mandou libertar hoje o líder dos arrozeiros e prefeito de Pacaraima (RR), Paulo César Quartiero, o filho dele Renato Quartiero e os seis funcionários da Fazenda Depósito, que estavam presos desde o dia 6, acusados de atirar contra dez indígenas na terra indígena Raposa Serra do Sol. O colegiado do TRF1 acompanhou, por unanimidade, o voto da desembargadora Assuzete Magalhães, acatando o pedido de relaxamento das prisões.

Agência Estado |

Também foi negado o pedido de prisão preventiva apresentado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra mais nove acusados, cujos nomes não foram divulgados, pois o processo corre em segredo de Justiça. "Estamos muito felizes. Esta era uma decisão já esperada porque meu pai é trabalhador, não é bandido. Estamos esperando a saída dele contentíssimos com a decisão, que afinal, foi unânime e não esperávamos coisa diferente porque a prisão foi um absurdo", disse a filha de César Quartiero Larissa Quartiero, enquanto aguardava a liberação do pai em frente à carceragem da Polícia Federal (PF) na capital federal.

César Quartiero deverá permanecer pelo menos um dia na capital, antes de voltar para Roraima. Ele se reunirá com os advogados para decidir como reverter a multa de R$ 30,6 milhões aplicada na semana passada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Sobre a decisão do tribunal, o delegado executivo da PF em Roraima, Ivan Herrero, disse que a polícia acata todas as deliberações da Justiça e não tem o que se manifestar nem contra nem a favor. "Fizemos a nossa parte e a Justiça, a dela. A Justiça determinou e nós cumprimos a lei", disse. Já o coordenador do Conselho Indígena de Roraima (CIR), Dionito José de Sousa, disse que o foco da entidade são as ações que correm no Supremo Tribunal Federal (STF) e não a prisão ou soltura do líder dos arrozeiros e prefeito de Paracaima.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG