O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo cassou os mandatos de dois vereadores por infidelidade partidária. O vereador Antônio Bernardino Tavares elegeu-se pelo PSDB em São Pedro do Turvo, mas migrou para o PT.

Já o vereador Valter Joaquim Bitencourt, de Olímpia, trocou o PDT pelo DEM. A decisão foi divulgada hoje. Tavares e Bitencourt ainda podem recorrer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com esses julgamentos, chega a 18 o total de vereadores "infiéis" cassados no Estado desde que o TSE definiu que o mandato pertence ao partido e não ao político.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.