Três presos morrem carbonizados em penitenciária no Rio Grande do Sul

RIO DE JANEIRO - Pelo menos três presos morreram carbonizados hoje e outro ficou gravemente ferido como consequência de uma disputa de grupos rivais no Presídio Regional de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul, informaram fontes oficiais.

EFE |

A agressão ocorreu às 6h de Brasília de hoje, quando um grupo de presos invadiu a cela na qual estavam quatro dos rivais e ateou fogo nos colchões e nos móveis.

As vítimas foram transferidas na segunda-feira ao presídio de Santo Ângelo depois de terem passado três meses na Penitenciária Modulada de Ijuí como medida disciplinar, segundo a Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) do Rio Grande do Sul.

Os presos mortos foram identificados como Antonio Carlos Soares do Nascimento, de 42 anos; Mauricio Maia Ferreira, de 21; e Vinícius da Silva Vieira, sem idade confirmada.

O outro preso que estava na cela foi internado para um hospital com graves queimaduras, mas não corre risco de vida.

    Leia tudo sobre: rio grande do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG