Três PMs e ex-agente civil são mortos a tiros no Rio

Três policiais militares e um ex-policial civil morreram ontem em pontos diferentes do Rio de Janeiro. O sargento Gerson Alves Rodrigues, sua mulher, Carla Cristina de Jesus Santos, e a amiga Ana Paula Santos da Conceição saíam de uma festa em um clube em Bangu durante a madrugada quando foram abordados por homens em um carro, que dispararam contra o grupo.

Agência Estado |

De acordo com a polícia, eles foram atingidos em uma tentativa de assalto. Os três foram levados para o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo. O casal não resistiu aos ferimentos e morreu. Já Ana Paula continua internada.

Em Vigário Geral, o capitão da Polícia Militar (PM) Fábio Vinícius Almeida e o ex-policial civil Josemar de Oliveira foram baleados próximo a um dos acessos da favela. Segundo a polícia, eles poderiam estar envolvidos com a exploração ilegal de televisão a cabo (o chamado "gatonet") e com grupos de milicianos. O capitão era lotado no Batalhão Especial Prisional (BEP), onde ficam custodiados PMs e bombeiros.

Ainda ontem, na pista sentido São Paulo da Rodovia Presidente Dutra, o policial militar Marcelo Gomes ia para casa quando foi atingido por tiros. A polícia ainda não sabe o motivo do crime.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG