Três peritos morrem em explosão na PF em Manaus

SÃO PAULO (Reuters) - Três peritos da Polícia Federal morreram em uma explosão do prédio da Superintendência da Polícia Federal em Manaus ocorrida na tarde de sexta-feira, informou a assessoria do hospital para onde as vítimas foram levadas. Max Augusto Neves Nunes e Maurício Barreto da Silva Júnior morreram neste sábado às 11h30 e 13h, respectivamente, no Hospital 28 de Agosto, segundo a assessoria da instituição, que também informou que os dois corpos já foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Manaus.

Reuters |

Antônio Carlos de Oliveira foi a primeira vítima da explosão ocorrida na sala do setor técnico-científico do prédio da PF na capital amazonense e já chegou morto ao hospital na sexta-feira, de acordo com Manoel Batista, do Hospital 28 de Agosto.

Segundo informações da Globo News, o acidente ocorreu na sexta-feira por volta das 17h30 e possivelmente foi causado pela explosão de um cilindro apreendido em uma operação da PF contra o tráfico de drogas.

(Reportagem de Jenifer Corrêa)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG