SÃO PAULO - Vinte e três mil eleitores das cidades de Guarani DOeste, Igaraçu do Tietê e Lupércio, no interior paulista, devem voltar às urnas, no dia 29 de março, para a escolha de novos prefeitos. Por determinação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo, os resultados do pleito do ano pasado foram anulados.

De acordo com nota do TRE de São Paulo, na cidade de Guarani D'Oeste, a vitória de Marco Antonio do Carmo Caboclo (PT) e da vice Elizabeth Dias Costa (PR) foi anulada por causa de irregularidade na disputa, já que o registro das candidaturas deles havia sido indeferido.

Ainda segundo a Justiça Eleitoral, o mesmo problema ocorreu com os eleitos em Lupércio, onde ganhou a chapa do PSDB, com Orlando Daun como candidato a prefeito e Sebastião Mendonça Filho a vice-prefeito.

Em Igaraçu do Tietê, Guilherme Fernandes (PSDB) e o vice Juvenal Aparecido Fernandes de Melo (DEM) tiveram os registros de candidatura cassados porque, segundo o TRE-SP, haviam prometido aos eleitores dinheiro e bens em troca de votos.

Dos três municípios onde ocorrerão novas eleições em SP, Iguaçu do Tietê é o que tem o maior número de eleitores: 18.177. Lupércio tem 3.657 votantes, e Guarani D'Oeste, 1.479 votantes.

Leia mais sobre: eleições municipais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.