Três pessoas foram mortas a tiros, entre elas uma cadeirante, por volta das 20h45 desta segunda-feira, 15, quando conversavam na Rua Iacupema, na Vila Neila, no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo. Roberto Pinheiro Júnior, de 27 anos, que já tinha passagem pela polícia por roubo, Flávia, 26, a cadeirante, e Marcos, 22, foram socorridos por testemunhas, mas morreram quando eram atendidas no Hospital Geral do Itaim Paulista (antigo Hospital Santa Marcelina).

Os atiradores, que dispararam pelo menos cinco vezes, estariam encapuzados e ocupavam um veículo escuro. No local do crime, ao lado de uma casa cuja fachada possui uma câmera de segurança que pode ter captado alguma imagem, foi encontrado um cigarro de maconha.

A chacina foi registrada no 50º Distrito Policial, do Itaim Paulista. Essa é a primeira chacina registrada neste ano na capital paulista e a terceira ocorrida na região metropolitana de São Paulo, com um total de 10 mortos. Os outro dois crimes do tipo ocorreram em Itapevi, em 9 de janeiro, e em Embu, dia 20 de fevereiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.