Três morrem durante rebelião em penitenciária do Maranhão

Cerca de 200 presos aderiram ao motim, que começou às 9 horas, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís

AE |

selo

Pelo menos três presos foram mortos e um agente penitenciário foi baleado hoje durante um motim no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Cerca de 200 presos aderiram ao motim, que acontece desde as 9 horas.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão, a rebelião teve início quando o agente penitenciário entrou no bloco onde estão 80 presos da Penitenciária São Luis, uma das quatro unidades do complexo. Ele foi feito refém e teve a sua arma tomada. Três monitores também foram feitos reféns e assim permaneciam por volta das 17 horas.

O agente penitenciário passou por cirurgia em um hospital da capital maranhense. A secretaria não informou o estado de saúde dele. Agentes da Tropa de Choque da Polícia Militar (PM) e da Polícia Civil estão no local. Um negociador da PM, por volta das 17 horas, tentava um acordo com os rebelados.

    Leia tudo sobre: rebelião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG