Três locais alagam em São Paulo há seis anos

Desde 2002, três endereços de São Paulo se mantêm como pontos críticos de alagamento nas épocas de chuvas intensas - de 1º de novembro a meados de abril. Em cada temporada chuvosa, esses lugares tiveram pelo menos quatro ocorrências.

Agência Estado |

A Prefeitura, após seis anos e três comandos diferentes, promete fazer reformas nos locais para resolver o problema, mas ainda não tem prazo nem obras em andamento.

Os três - nas Avenidas Radial Leste, Eusébio Matoso, na zona oeste, e Interlagos, sul - estão na lista do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Há outros 90, mas nenhum com quatro alagamentos em todos os períodos de chuvas até o de 2007/2008, segundo tabulação da reportagem. Na Radial, o problema é sob o Viaduto Guadalajara. “Estamos à beira-mar”, diz Elaine Rossi, de 42 anos, vendedora em uma loja no local.

No período de chuvas entre 2003 e 2004, o viaduto teve 11 ocorrências. O cruzamento da Eusébio com a praça registrou cinco. No ponto da Interlagos foram quatro. “O que mais nos preocupa é a situação do momento, não a resolução”, diz o engenheiro Hassan Barakat, do CGE. O órgão recebe as informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e não aponta as causas dos alagamentos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG