O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) confirmou ontem a decisão da Justiça Eleitoral de impugnar o registro de candidatura de Paulo Leonor Rogowski à prefeitura de Porto Alegre (RS) pelo PHS. O candidato foi impugnado pela promotoria da 161ª Zona Eleitoral gaúcha e entrou com recurso no TRE, mas os magistrados negaram o pedido por unanimidade.

A avaliação do TRE é de que Rogowski não comprovou a quitação eleitoral. O candidato ainda pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo informações do Ministério Público Federal, Rogowski foi multado por não ter pago integralmente as parcelas da multa, em razão de ter realizado propaganda eleitoral irregular em 2002. Como apenas seis parcelas foram pagas, o parcelamento foi rescindido em 2005. O MP relatou que cerca de 16% dos recursos contra impugnação de registro de candidaturas em que a Procuradoria Regional Eleitoral do RS se manifestou este ano estão relacionados à falta de quitação eleitoral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.