Trens voltam a funcionar em São Paulo após 5 horas

A circulação de trens na Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana) foi retomada às 19h20 desta terça-feira, cerca de cinco horas após ter sido interrompida por causa de alagamentos. O trecho afetado pelas chuvas compreende as estações Jardim Romano e Engenheiro Manoel Feio.

Agência Estado |

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) informou que uma das vias foi liberada. Com isso, a CPTM cancelou o Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência (Paese), que havia sido acionado com os ônibus da EMTU. A Linha 12 circula com intervalos maiores entre o trecho afetado.

Fim do estado de atenção

A cidade de São Paulo saiu do estado de atenção às 19h25, depois que a chuva perdeu intensidade. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, restava apenas chuva fraca nas regiões da cidade. Por volta das 20h, chovia de forma moderada nos municípios de Mogi das Cruzes, Suzano, Ribeiro Pires e Rio Grande da Serra, na Grande São Paulo.

As regiões oeste, sul, leste e sudeste entraram em estado de atenção às 13h40. Já as zonas norte, central e as marginais do Pinheiros e do Tietê às 15h15. O CGE afirmou que entre as 13h50 e 14h40, a chuva atingiu com mais intensidade as zonas sul e leste e, das 15h15 às 17h15, as chuvas atingiram principalmente as zona leste, norte, oeste e centro.

Devido ao mau tempo, por volta de 16 horas, houve queda de granizo na região do Morumbi. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o túnel Anhangabaú ficou bloqueado, nos dois sentidos, das 16 às 17 horas. O túnel Max Feffer também ficou bloqueado das 16h43 até 19 horas.

Por volta das 20h20, a cidade registrava 93 quilômetros de vias congestionadas e 14 pontos de alagamento.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG