TRE-MG cassa diploma do deputado federal Juvenil Alves

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) cassou, por seis votos a zero, o diploma do deputado federal Juvenil Alves Ferreira Filho (eleito pelo PT, atualmente no PRTB), por abuso na captação e gasto ilícito de recursos em sua campanha eleitoral.

Redação |

Foram levantadas pela defesa do parlamentar dez preliminares ¿ todas rejeitadas pela Corte - e o julgamento, iniciado às 16h40, terminou às 22h20 horas.

Em nota, a assessoria do deputado informa que "o mesmo recebe a decisão com inconformismo, porém com tranqüilidade e respeito às autoridades constituídas de Minas Gerais".

Ainda segundo a assessoria, o deputado "fará recurso à instância superior própria para reversão da decisão".

De acordo com o TRE, Juvenil Alves, que teve suas contas de campanha desaprovadas, por unanimidade, pelo TRE-MG, em dezembro de 2007, foi o mais votado deputado eleito em 2006 pelo PT, com 110.651 votos.


    Leia tudo sobre: deputados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG