Trem turístico SP-Mogi das Cruzes será inaugurado dia 7

Começa a funcionar a partir do dia 7 de junho um programa de fim de semana diferente para os moradores da capital paulista. Todos os domingos, partirá da Estação da Luz mais uma locomotiva do Expresso Turístico, programa criado pelo governo do Estado.

Agência Estado |

Além do trajeto a Jundiaí, cujas passagens estão esgotadas até o final de junho, os paulistanos também poderão visitar no próximo mês a cidade de Mogi das Cruzes. As passagens custarão R$ 28, ida e volta, e os passageiros terão à disposição quatro roteiros turísticos para conhecer durante as seis horas que passarão na cidade.

Um dos passeios é a visita à igreja da Ordem Terceira dos Carmelitas, tombada pelo governo do Estado e uma das mais famosas construções remanescentes do barroco paulista. Outro roteiro é a visita ao centro antigo da cidade do Alto do Tietê. Se preferirem passeios naturais, os passageiros também terão à disposição uma caminhada no Parque da Neblina ou no Caminho das Flores, reservas naturais do município. Os passeios serão coordenados pela prefeitura de Mogi das Cruzes e serão vendidos nas estações da Luz e de Mogi das Cruzes.

A viagem será feita pela estrada de ferro construída em 1867 pela São Paulo Railway Co., que foi a primeira ferrovia de São Paulo e principal meio de transporte do café produzido na região até a capital de São Paulo. O trem que levará os moradores paulistanos até Mogi também remete ao passado. Ele foi construído nos anos 1960 e contará com monitores que durante a viagem irão narrar aos passageiros a história da estrada de ferro.

A partida do expresso será feita todos os domingos às 8h30. O horário aproximado de chegada a Mogi das Cruzes está marcado para as 10 horas. O retorno a São Paulo será às 16 horas, com horário de chegada previsto para as 17h30. O trem conta com 174 lugares.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG