Trecho do Rodoanel muda pedágio da Imigrantes em SP

SÃO PAULO - A construção do Trecho Sul do Rodoanel obrigou a mudança da praça de pedágio do km 25,5 da Rodovia dos Imigrantes, no acesso aos bairros Demarchi e Batistini, em São Bernardo do Campo (SP). As novas cabines estão sendo construídas na altura do km 24, e deverão entrar em funcionamento no dia 15.

Agência Estado |

O motorista continuará pagando R$ 3,80 para usar o acesso. Mas quando as vias expressas do Rodoanel estiverem em operação, o usuário deverá pagar dois pedágios para sair da Imigrantes e circular no trecho sul.

O primeiro é da Ecovias, que administra a Imigrantes, o outro para a empresa que ficará responsável pela asa sul. As cabines do km 25,5 serão destruídas. No local serão construídas as alças de acesso do trecho sul à Rodovia dos Imigrantes. Para tentar evitar sobretaxa dos usuários, que pagarão pedágio na saída da Imigrantes e no rodoanel em seguida, a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) estuda a possibilidade de deixar apenas uma cobrança.

A Artesp vai definir o local de cobrança somente quando o trecho sul estiver entregue ao usuário. Isso pode acontecer entre novembro de 2009 e março de 2010, explicou o gerente de Obras do Rodoanel, Pedro Silva. A proposta aponta para a possibilidade de a Ecovias administrar a nova fase do rodoanel. A escolha da concessionária deve ser feita por meio de licitação. Para definir o posicionamento do pedágio é preciso levar em conta, segundo a Dersa, o volume de tráfego na Imigrantes que utiliza o acesso Batistini. A Ecovias não se pronunciou sobre o assunto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre: Rodoanel

    Leia tudo sobre: rodoanel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG