Trecho de obra de Mozart é encontrado na França

Um trecho até então desconhecido de uma obra de Mozart foi descoberto em uma biblioteca de Nantes, no oeste da França, durante uma revisão do acervo. Ulrich Leisinger, diretor de pesquisa da Fundação Mozarteum Internacional na cidade austríaca de Salzburgo, disse não haver dúvida de que o trecho, escrito em apenas uma folha de papel, é de autoria do compositor clássico e é mesmo importante.

Agência Estado |

Leisinger descreveu o trabalho como "as anotações preliminares de uma composição musical". De acordo com ele, a biblioteca procurou a Fundação Mozarteum com o objetivo de confirmar a autenticidade do trabalho.

O papel foi depositado e catalogado na biblioteca por um colecionador no século 19, mas depois ficou "totalmente esquecido" e passou a ser considerado "perdido" pelos estudiosos da obra do compositor. Se fosse colocada à venda, segundo estimativa da fundação, essa única folha seria avaliada em US$ 100 mil.

O tipo de papel e outras evidências observadas por especialistas em Mozart sugerem que o trecho não foi escrito antes de 1787, quatro anos antes da morte do compositor, disse Leisinger. "A melodia está completa", disse ele. "O que falta é a harmonia e a instrumentação, mas é possível intuí-la", concluiu.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG