TRE-BA proíbe rivais do PT de usarem Lula na campanha

Em sessão que terminou no fim da noite de ontem, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) acatou, por cinco votos a um, uma ação do PT baiano pedindo a proibição, por parte de candidatos de partidos e coligações adversários, de uso da imagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em suas propagandas eleitorais. A decisão impacta diretamente a campanha do atual prefeito de Salvador (BA), João Henrique Carneiro (PMDB), candidato à reeleição, que inseria constantemente fotos e vídeos de visitas de Lula à capital baiana, na tentativa de mostrar sua proximidade com o presidente.

Agência Estado |

Segundo as principais pesquisas de opinião, Carneiro está tecnicamente empatado com o petista Walter Pinheiro - e com o tucano Antonio Imbassahy - no segundo lugar na preferência do eleitorado. Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM) lidera a corrida. A direção estadual do PMDB afirma que vai recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ameaça tirar o apoio do partido ao governo estadual, do também petista Jaques Wagner.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG