TRE-AL cassa mandatos de 3 vereadores por infidelidade

O Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) cassou hoje os mandatos de três vereadores de Maceió: Dudu Holanda (PMN), Fátima Santiago (PP) e George Sanguinetti (PV). A cassação foi motivada por infidelidade partidária.

Agência Estado |

Os três vereadores foram eleitos pelo PTB e são candidatos à reeleição, mas mudaram de partido sem fundamentar uma justa causa.

Com a cassação, os suplentes dos vereadores cassados têm 10 dias para serem empossados. Durante a sessão, os advogados dos três vereadores tentaram justificar que os clientes mudaram de partidos dentro do prazo legal, mas os integrantes da Corte caracterizaram a troca de legendas como infidelidade partidária.

Por isso, por 4 votos a 1 decidiram pela cassação. O desembargador Orlando Manso, que representa o Tribunal de Justiça no TRE, não participou da votação. Ele se julgou suspeito por ser cunhado do presidente da Câmara Municipal de Maceió, Arnaldo Fontan (DEM).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG