Dois dos três candidatos a prefeito de Coari (AM) e um a vice tiveram seus registros de candidatura indeferidos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) ontem. Manoel Vicente de Lima, seu vice, Joabe Rocha, ambos do PR, e o deputado estadual José Lôbo (PCdoB) tiverem seus registros indeferidos porque as contas de campanha de 2008 foram reprovadas.

As assessorias dos candidatos informaram que vão recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Agora, só resta um candidato, Arnaldo Mitouso (PMN), para a eleição no domingo, quando 40,6 mil eleitores da cidade vão às urnas para escolher o novo prefeito.

Em julho, foram afastados o prefeito Rodrigo Alves (PP) e o vice Leondino Mendes (PTB), cassados pela Justiça por abuso de poder econômico.

A cidade, a 370 quilômetros de Manaus, tem 67 mil habitantes e nos últimos seis anos recebeu aproximadamente R$ 305 milhões em royalties da Petrobras. O município também recebe investimentos para a construção do gasoduto Coari-Manaus.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.