TRE indefere candidatura de prefeito de Ipatinga-MG

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) confirmou o indeferimento do registro da candidatura do prefeito eleito de Ipatinga, Chico Ferramenta (PT), em razão da rejeição de suas contas durante os dois mandatos anteriores que exerceu à frente do Executivo municipal. No início da noite da última sexta-feira, por seis votos a zero, os juízes do TRE negaram novamente o registro da candidatura do petista, apontando irregularidades consideradas insanáveis.

Agência Estado |

Eleito com 64.167 votos em 05 de outubro, Ferramenta poderá ser impedido de assumir o cargo caso não consiga reverter a decisão até a diplomação. Neste caso, assumiria o segundo colocado nas urnas e atual prefeito, Sebastião Quintão (PMDB).

Uma das principais lideranças do PT no Vale do Aço mineiro, Ferramenta foi condenado no final de outubro de 2006 pelo Tribunal de Contas da União (TCU) a ressarcir o erário em R$ 21,9 milhões e a pagar multa de R$ 4 milhões por irregularidades na aplicação de verbas para execução de obra de construção e recuperação da infra-estrutura hídrica no município.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG