O deputado estadual Carlos Gomes teve seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE/RS), nesta quinta-feira, por infidelidade partidária. Em decisão unânime, o pleno entendeu que o parlamentar não poderia ter trocado o PPS pelo PRB em setembro do ano passado.

A vaga ficará com o suplente Jorge Gobbi, do PSDB. A cadeira é destinada à coligação que concorreu em 2006 e não especificamente ao PPS. Esta é a segunda cassação de mandato de parlamentares gaúchos neste ano. Em janeiro, Coffy Rodrigues perdeu sua vaga na Assembleia Legislativa por ter trocado o PDT pelo PSDB e foi substituído por Ciro Simoni.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.