TRE cassa 1ª vereadora por infidelidade partidária em SP

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) acolheu um pedido do PMDB e cassou por infidelidade partidária o mandato da vereadora Maria Aparecida de Souza Freitas (PTB), do município de Monteiro Lobato (SP).

Agência Estado |

Foi o primeiro caso de decretação de perda de cargo eletivo por essa razão em São Paulo.

Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o processo, a vereadora, eleita pelo PMDB em 2004, filiou-se ao PTB em 5 de setembro de 2007 sem motivo que justificasse sua saída.

    Leia tudo sobre: tre

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG