O violino com arco alemão foi tocado pela última vez por Hanry Dawson, de 30 anos, para a entrada de uma noiva na Igreja Nossa Senhora do Brasil, no Jardim Europa, bairro de São Paulo. Logo após o casamento, na sexta-feira à noite, o dono do instrumento seguia para casa e parou o carro em um semáforo em Moema, na zona sul.

Lá, ele foi roubado por dois travestis. Segundo a reportagem apurou, um instrumento como o de Hanry pode custar até R$ 20 mil no mercado.

Um deles entrou no carro e revirou tudo até achar R$ 30. "Como o valor era pequeno eles disseram: ‘Já que você não tem nada, vamos levar esse violino’", conta. Agora, ele oferece R$ 300 de recompensa. Na próxima semana, o rapaz tem um teste na Orquestra Sinfônica de Santo André, no ABC. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.