Transplantes de pâncreas e fígado são mais procurados em SP

Luiz Augusto Pereira, coordenador da Central de Transplantes, afirmou que a demanda de pacientes de outras regiões é alta porque alguns Estados não fazem determinadas cirurgias. São cerca de 1,5 mil pessoas da fila que vivem fora.

Agência Estado |

"Acre e Goiás, por exemplo, não fazem transplantes de fígado." Dos que esperam por esse órgão, 18,1% são de outras regiões. O transplante de fígado tem como critério a gravidade, além da compatibilidade.

O transplante de pâncreas é o mais procurado por migrantes. Eles chegam a 35,9% dos que estão à espera. Pacientes que precisam de córneas também costumam recorrer a São Paulo já que, em média, são 2 meses para conseguir a cirurgia. Não há impedimento legal para que um paciente realize transplante em outro Estado. Só não pode ficar em duas listas. São Paulo fez 45% de todos os 15.855 transplantes do País em 2007. As informações são do Jornal da Tarde .

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG