Transplantes de órgãos crescem 24,3%, mas têm distribuição desigual, aponta governo

O Ministério da Saúde afirmou, em nota, que o número de transplantes de órgãos realizados em todo o País, com doador falecido, subiu 24,3% no primeiro semestre de 2009 em comparação com o mesmo período de 2008. De acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira, entre janeiro e junho de 2009, foram feitos 2099 transplantes de órgãos. Em 2008, no mesmo período, foram 1688.

Redação |


No mesmo período, o ministério afirma que o crescimento da quantidade de transplantes de rim foi de 30,28%, e o de transplante de fígado, de 23,17%. Em 2008, o gasto com transplantes teria sido de R$ 824,2 milhões.

As operações, no entanto, têm distribuição desigual pelo País. Dos 2099 transplantes, 1286 foram na região Sudeste, sendo que o Estado de São Paulo concentra 988 dos casos. A região Sul também responde por grande parte das operações. Foram 429 transplantes. A maioria dos Estados da Região Norte do País não realizou nenhuma operação de órgãos no período. São eles: Acre, Amapá, Tocantins, Rondônia e Roraima.

O Ministério da Saúde lançará neste domingo (27/09) uma campanha nacional de incentivo à doação de órgãos. Um dos apelos é mostrar que uma pessoa não precisa deixar sua intenção de doar órgãos por escrito, mas simplesmente comunicar à família a intenção de ser um doador.

Leia mais sobre: doação de órgãos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG