Excelências, da ONG Transparência Brasil, passou a monitorar nesta semana as Casas legislativas de Aracaju (SE) e Maceió (AL). O site do Excelências é o único que reúne informações sobre os vereadores das duas cidades, pois a Câmara de Maceió não tem endereço oficial na internet, enquanto a de Aracaju não publica online nem mesmo a lista dos vereadores em exercício." / Excelências, da ONG Transparência Brasil, passou a monitorar nesta semana as Casas legislativas de Aracaju (SE) e Maceió (AL). O site do Excelências é o único que reúne informações sobre os vereadores das duas cidades, pois a Câmara de Maceió não tem endereço oficial na internet, enquanto a de Aracaju não publica online nem mesmo a lista dos vereadores em exercício." /

Transparência Brasil reúne informações sobre parlamentares de Aracajú e Maceió

SÃO PAULO - O projeto http://www.excelencias.org.br/Excelências, da ONG Transparência Brasil, passou a monitorar nesta semana as Casas legislativas de Aracaju (SE) e Maceió (AL). O site do Excelências é o único que reúne informações sobre os vereadores das duas cidades, pois a Câmara de Maceió não tem endereço oficial na internet, enquanto a de Aracaju não publica online nem mesmo a lista dos vereadores em exercício.

Redação |

Com a inclusão destas duas capitais, passa para 23 o número de Câmaras municipais monitoradas pela Transparência Brasil. A ONG também reúne dados da Câmara dos Deputados, do Senado Federal, da Câmara do Distrito Federal e das 26 Assembléias Legislativas. No total, há informações sobre mais de 2,2 mil parlamentares em exercício.

Nas próximas semanas, as Câmaras de Boa Vista (RR), Macapá (AP) e Porto Velho (RO) devem ser incluídas no projeto Excelências, que publica, na ficha de cada político, o perfil de seu financiamento eleitoral, matérias jornalísticas sobre corrupção que envolvam seu nome, cargos relevantes ocupados por ele no passado e histórico de filiações partidárias.

Outros números da Câmara Municipal de Maceió:

  • R$ 39,91 é a quantia que cada contribuinte de Maceió vai gastar em 2008 para manter a Câmara Municipal. O valor é maior que em outras 11 capitais, entre as quais João Pessoa (R$ 37,36) e São Paulo (R$ 28,53);
  • R$ 35,8 milhões é a previsão de gastos da Câmara da capital alagoana para 2008, um reforço orçamentário de 6,2%, quase dois pontos percentuais acima da inflação oficial;
  • R$ 1,7 milhão é o que custará a manutenção do mandato de cada vereador em 2008. É a quinta maior quantia entre as capitais do Nordeste;


Outros números da Câmara Municipal de Aracaju:

  • R$ 40,68 é o montante que cada contribuinte de Aracaju desembolsará em 2008 para manter a sua Câmara Municipal. É a terceira maior quantia entre as capitais do Nordeste (atrás de Recife e Natal).
  • R$ 21,1 milhões é a previsão de gastos da Câmara de Aracaju para 2008. O reforço orçamentário, o terceiro maior entre as capitais do Nordeste, foi de 20%, mais de 15 pontos percentuais acima da inflação oficial;
  • R$ 1,1 milhão é o que custará a manutenção do mandato de cada vereador em 2008.


Leia mais sobre: Transparência Brasil

    Leia tudo sobre: transparencia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG