Após bater dois recordes de congestionamento no horário de pico da manhã, o trânsito flui melhor nesta tarde na capital paulista. Porém, a forte chuva da madrugada ainda causa 11 pontos de alagamento na cidade.

Por volta das 13h15, dos  11 pontos de alagamento na cidade, três estavam intransitáveis. No mesmo horário, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou 65 km de congestionamento, índice considerado dentro da média para o horário.

AE

Ponto de alagamento na rua Romão Gomes, no bairro do Butantã

O Sistema Anchieta-Imigrantes também concentra quatro pontos de alagamentos. Há dois deles na pista sul da via Anchieta, na altura do Km 60, em Cubatão, e no acesso ao viaduto 31 de março, no Km 59. No sentido oposto da via Anchieta, o ponto de alagamento está no km 57. Já na rodovia dos Imigrantes, há acúmulo de água na altura do km 43, em São Bernardo do Campo.  

Por causa do mau tempo, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) colocou a cidade em estado de atenção das 4h até as 5h45.

O Aeroporto Internacional de Congonhas, na zona sul, também ficou fechado das 8h28 às 9h. Desde então, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), opera para pousos e decolagens com o auxílio de instrumentos.

Morte

As chuvas já fizeram pelo menos mais uma vítima no Estado de São Paulo. Lourdes Aparecida Sartori, de 51 anos, morreu afogada no fim da noite de quarta-feira após ser surpreendida por um alagamento na cidade de Rio Claro, no interior de São Paulo. Ela estava dentro de um veículo e teve o carro invadido pela água.

Trânsito

Futura Press
Chuva e acidentes param o trânsito na Marginal Tietê

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a cidade bateu dois recordes de lentidão do horário de pico da manhã, que vai das 7h às 9h30. Às 9h, foram registrados 148 km de congestionamento e, às 9h30, 163 km.

O recorde anterior aconteceu nesta mesma semana, na segunda-feira, dia 22, quando o congestionamento alcançou a marca dos 118 km às 9h30.

Previsão do tempo

De acordo com o CGE, a forte chuva que atingiu a região metropolitana na madrugada perdeu intensidade no início da manhã e se deslocou em direção ao Vale do Paraíba e o Litoral Norte. No momento, há apenas chuva leve e chuviscos em alguns pontos isolados. 

Para o restante do dia o tempo deve permanecer fechado e pode chover mais forte a qualquer hora. Por conta da nebulosidade as máximas não passam dos 25°C.

Na sexta-feira o tempo segue instável, com condições de chuvas a qualquer hora do dia. Temperaturas estáveis, variando entre 18°C e 23°C.

Veja onde onde foram registrados os maiores índices pluviométricos e rajadas de vento nesta madrugada:

Índice pluviométrico:
Riacho Grande / São Bernardo - 50,0mm
Pirajuçara - Nova República / Embú das Artes - 43,2mm
Barragem Móvel  - 35,8mm
Córrego Poá - 37,8mm
Morro do S / São Paulo - 37,4mm

Rajadas de vento:
Aeroporto de Congonhas - 03h15 ¿ 46,8Km/h.
Aeroporto de Cumbica ¿ 04h00 ¿ 34,2Km/h.

Leia mais sobre: chuvas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.